Atividade será promovida pela Rede Cerrado e contará com a participação de representantes de povos e comunidades tradicionais 

 

Como parte da programação do Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA) 2018, a Rede Cerrado promoverá no próximo domingo, dia 18 de março, a partir das 14h30, a atividade: Cerrado e seus povos: conservando água e garantindo vidas. Na oportunidade, representantes de povos e comunidades tradicionais contarão suas experiências de luta e conservação da água no bioma. A plenária ocorrerá no Pavilhão Anísio Teixeira, sala 02, da Universidade de Brasília (UnB). 

 

Clebson Souza, do Centro de Agricultura Alternativa Vicente Nica (CAV), de Turmalina, Minas Gerais, relatará quais ações foram desenvolvidas pelas comunidades após a entrada do eucalipto na região. Também participarão do evento Mônica Nogueira, professora da FUP/Unb, coordenadora do Mestrado em Sustentabilidade junto aos Povos e Terras Tradicionais, assessora da Reitoria da UnB e ex-coordenadora geral da Rede Cerrado; e Ana Tereza Reis, professora do Departamento de educação da UnB e coordenadora do Mestrado em Sustentabilidade junto aos Povos e Terras Tradicionais. Kátia Favilla, secretaria executiva da Rede Cerrado também comporá a mesa da atividade. 

 

A atividade será coordenada pela Rede Cerrado, com a parceria do Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN); do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu; da Associação Regional das Mulheres Trabalhadoras Rurais do Bico do Papagaio (Asmubip); do Centro de Agricultura Alternativa Vicente Nica (CAV); do Mestrado em Sustentabilidade junto aos Povos e Terras Tradicionais (MESPT/UnB); e do Instituto Brasil Central (Ibrace). Ela conta ainda com o apoio do DGM/Brasil e do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF, na sigla em inglês para Critical Ecosystem Partnership Fund).

 

FAMA 2018

 

O Fórum Alternativo Mundial da Água ocorrerá de 17 a 22 de março, em Brasília (DF), em contraponto ao Fórum Mundial da Água, um encontro promovido pelos grandes grupos econômicos que defendem a privatização das fontes naturais e dos serviços públicos da água. 

 

O FAMA, por sua vez, irá reunir organizações e movimentos sociais nacionais e internacionais que lutam em defesa da água como direito elementar à vida. O Fórum Alternativo Mundial da Água pretende unificar a luta contra a tentativa das grandes corporações em transformar água em mercadoria, privatizando reservas e fontes naturais. 

 

Confira a programação completa do FAMA 2018

 

Durante o evento serão debatidos os temas centrais de defesa pública e controle social das fontes de água, acesso democrático à água, entre outros. 

 

Conservação do Cerrado é primordial na garantia de água para todos 

 

Presente em onze estados do Brasil (Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, São Paulo, Paraná, Rondônia) e no Distrito Federal, o Cerrado ocupa ¼ de todo o território brasileiro. 

 

Conhecido como “berço das águas” ou a “caixa d’água do continente”, o bioma acolhe três dos principais aquíferos do país: Bambuí, Urucaia e Guarani. Além disso, alimenta grandes bacias hidrográficas da América do Sul. Somente no Brasil, seis das oito grandes bacias hidrográficas são abastecidas pelo Cerrado.  

 

Mesmo assim, a devastação do bioma já chega a 52% do território (em proporção, maior que o desmatamento da Amazônia), em grande parte causada pelo avanço indiscriminado da fronteira agrícola para a produção da soja, o cultivo de eucalipto e a pecuária bovina, principalmente. A destruição da vegetação do Cerrado também causa a eliminação dos mananciais. 

 

Estima-se que cerca de 25 milhões de pessoas vivam no Cerrado, dentre eles, uma diversidade enorme de povos e comunidades tradicionais que vivem em harmonia com o meio ambiente e são os verdadeiros guardiões da água e da biodiversidade. 

 

Ao desmatar o Cerrado, os recursos hídricos, que são fonte de água para milhares de pessoas no bioma e no Brasil, ficam comprometidos. 

 

Agenda

Vídeo

REDE CERRADO

SHCGN CLR Quadra 709 Bloco "E" Loja 38 

Brasília - DF  - CEP 70.750-515 

(61) 3327.8085 This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.